quinta-feira, 10 de junho de 2010

CLASSIFICAÇÃO DOS RECÉM-NASCIDOS (RNS)


Os RNs podem ser classificados de acordo com o peso, a idade gestacional (IG) ao nascer e com a relação entre um e outro.

A classificação dos RNs é de fundamental importância pois ao permitir a antecipação de problemas relacionados ao peso e/ou à IG quando do nascimento, possibilita o planejamento dos cuidados e tratamentos específicos, o que contribui para a qualidade da assistência.



Classificação de acordo com o peso

A Organização Mundial de Saúde define como RN de baixo-peso todo bebê nascido com peso igual ou inferior a 2.500 gramas. Como nessa classificação não se considera a IG, estão incluídos tanto os bebês prematuros quanto os nascidos a termo.

Em nosso país, o número elevado de bebês nascidos com peso igual ou inferior a 2.500 gramas - baixo peso ao nascimento - constitui-se em importante problema de saúde. Nesse grupo há um elevado percentual de morbimortalidade neonatal, devido à não-disponibilidade de assistência adequada durante o pré-natal, o parto e o puerpério e/ou pela baixa condição socioeconômica e cultural da família, o que pode acarretar graves conseqüências sociais.

Classificação de acordo com a IG

Considera-se como IG ao nascer, o tempo provável de gestação até o nascimento, medido pelo número de semanas entre o primeiro dia da última menstruação e a data do parto.

O tempo de uma gestação desde a data da última menstruação até seu término é de 40 semanas. Sendo assim, considera-se:

a) RN prematuro - toda criança nascida antes de 37 semanas de gestação;

b) RN a termo - toda criança nascida entre 37 e 42 semanas de gestação;

c) RN pós-termo - toda criança nascida após 42 semanas de gestação.

Quanto menor a IG ao nascer, maior o risco de complicações e a necessidade de cuidados neonatais adequados.

Se o nascimento antes do tempo acarreta riscos para a saúde dos bebês, o nascimento pós-termo também. Após o período de gestação considerado como fisiológico, pode ocorrer diminuição da oferta de oxigênio e de nutrientes e os bebês nascidos após 42 semanas de gestação podem apresentar complicações respiratórias e nutricionais importantes no período neonatal.

Classificação de acordo com a relação peso/IG

Essa classificação possibilita a avaliação do crescimento intrauterino, uma vez que de acordo com a relação entre o peso e a IG os bebês são classificados como:

a) adequados para a idade gestacional (AIG) – são os neonatos cujas linhas referentes a peso e a IG se encontram entre as duas curvas do gráfico. Em nosso meio, 90 a 95% do total de nascimentos são de bebês adequados para a IG;

b) pequenos para a idade gestacional (PIG) - são os neonatos cujas linhas referentes a peso e a IG se encontram abaixo da primeira curva do gráfico. Esses bebês sofreram desnutrição intra-uterina importante, em geral como conseqüência de doenças ou desnutrição maternas.

c) grandes para a idade gestacional (GIG) - são os neonatos cujas linhas referentes ao peso e a IG se encontram acima da segunda curva do gráfico. Freqüentemente os bebês grandes para a IG são filhos de mães diabéticas ou de mães Rh negativo sensibilizadas.




GLOSSÁRIO:

Morbimortalidade neonatal: – É a taxa de adoecimento e de morte de crianças de 0 a 28 dias de nascido.


Um comentário:

  1. Lola Arias (Buenos Aires- AR)10 de junho de 2010 19:35

    Hola cariño!!
    me encanta su blogger!!
    un gran beso!!
    Lola

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua sugestão para post, críticas e elogios!!
Assim que possível responderei. Agradeço. Bjnhos

msn spaces traffic
Bravia HDTV Set